A Blueticks, por meio de sua extensão para o Google Chrome, possibilita a criação de campanhas para envios de mensagens pelo WhatsApp a uma lista de contatos. Dessa forma, o mesmo conteúdo chega a vários contatos simultaneamente, ou seja, são como listas de transmissão comuns (porém, com recursos adicionais).

Essas campanhas podem potencializar os resultados da sua estratégia de marketing, então veja como configurá-las corretamente.

Como funcionam as campanhas da Blueticks

Elas permitem que uma mensagem seja enviada no dia e horário agendado, além de oferecer algumas opções de lista. Há duas formas de atrelar contatos às campanhas:

  1. Criar uma lista de transmissão e configurar a automação nela;
  2. Importar a base de contatos de um arquivo CSV.

O que são arquivos CSV

Comma Separated Values são arquivos de editores de planilhas (como o Microsoft Excel) cujos dados são separados por vírgulas — ao invés de colunas. Visualmente não fica nada agradável, mas não há necessidade de sê-lo, já que o objetivo é facilitar a importação das informações em outros softwares, como o da Blueticks.

Sendo assim, veja o exemplo de uma lista de contatos exportada pelo Excel em CSV:

nome,telefone,cidade

Ana Paula,5511987654321,São Paulo

Wesley Silva,5511987654321,Rio Claro

A Blueticks identifica o cabeçalho (“nome,telefone,cidade”) e distribui as informações de acordo. Essa compatibilidade com arquivos CSV facilita, e muito, a organização de campanhas pelo WhatsApp.

Como criar campanhas na Blueticks em 9 passos

Antes, lembre-se que estamos falando da versão web do WhatsApp, afinal a Blueticks é uma extensão para o navegador Google Chrome. Portanto, o passo a passo a seguir não funciona nos celulares e nem na versão da Microsoft Store para Windows.

  1. Clique no botão “Broadcast”

Como é o início do processo, você encontra este botão assim que abre o WhatsApp Web. O ícone se parece com três janelas em cascata e fica na mesma barra horizontal superior onde está sua foto.

  1. Na guia “Lists”, clique nos três pontos verticais e, em seguida, em “New List”

Este ícone composto por três pontos verticais é universal em todos os sites e aplicativos e representa “mais opções”. Então, ao clicar nele — que está ao lado do campo destinado ao nome da lista —, você verá o botão “New List”.

Na verdade, o nome padrão das listas já é suficiente, ou seja, você pode só clicar nele, apagar e escrever como desejar. Só achamos importante mencionar o botão de mais opções para que você saiba como criar listas diferentes.

  1. Renomeie a lista e selecione os contatos que receberão a mensagem

Logo após clicar em “New List”, digite um nome para ela e selecione os contatos que você quer que recebam a mensagem. Repare que ao lado do botão azul “Import” há outro chamado “Download Sample CSV”, que é um arquivo para você utilizar como modelo se tiver uma lista de contatos com este formato.

  1. Importe contatos por CSV, se necessário

Após elaborar um documento em um editor de planilhas com os dados de cada contato separados por vírgulas, como dito no início deste artigo, salve-o em formato .csv, volte ao WhatsApp Web e clique no botão “Import” que mencionamos no parágrafo anterior. E então, não tem segredo: basta escolher o arquivo .csv que a importação estará feita.

O salvamento da lista é automático, portanto, não se preocupe se não encontrar um botão específico para isso — apenas siga para o próximo passo.

  1. Na guia “Templates”, clique novamente nos três pontos verticais e em “New Template”

Os templates são a mensagem que você pretende enviar. Como nas listas, o nome padrão já funciona para o disparo da campanha, mas você pode clicar no botão de mais opções e em “New Template” para criar, salvar e disponibilizar mais de uma mensagem.

  1. Renomeie o template e digite a mensagem

Após definir um nome para o template, escreva a mensagem. Você pode utilizar os colchetes como coringas para deixar a mensagem mais pessoal. Veja um exemplo:

— Olá, {name}, tudo bem?

E o usuário receberá:

— Olá, Ana Paula, tudo bem?

O nome resgatado depende da lista. Se você utilizou os contatos do WhatsApp, a Blueticks trará o nome que a pessoa registrou para si; caso tenha importado uma lista CSV, será o nome que estiver lá.

Também há outros três coringas: {firstName}, {lastName} e {displayName}, que são cabeçalhos daquele modelo de arquivo CSV da Blueticks (reveja o terceiro passo).

  1. Adicione imagens ou um arquivo

Em “Attachment”, localizado abaixo do campo da mensagem, você pode anexar fotos, vídeos e arquivos para enviar junto ao conteúdo.

O salvamento também é automático, então basta seguir para a última guia de configuração da campanha.

  1. Na guia “Campaigns”, escolha a lista e o template

Agora é o momento de unir a lista e o template à campanha e iniciar o disparo. Abaixo do campo do nome da campanha, há dois menus suspensos. Neles, você deve escolher qual mensagem será enviada para qual lista.

Também há a opção de enviar um teste para seu WhatsApp e, assim, conferir se está tudo ok. Para isso, é só digitar o seu número em “Send a test message” e clicar no botão de ação que você receberá imediatamente, sem precisar iniciar a campanha, claro.

  1. Agende a campanha ou inicie-a imediatamente

O botão azul “Launch Campaign” finaliza toda a configuração. Mas ao seu lado há um relógio que você pode clicar para escolher um dia e horário de início da campanha. Se não fizer isso, os contatos começarão a receber as mensagens imediatamente.

Dizemos “começarão a receber” porque elas serão enviadas gradativamente, para evitar que sua conta seja bloqueada por SPAM. Falando nisso, sempre ressaltamos a importância de escolher contatos que te conhecem (caso contrário, eles mesmos te denunciarão por SPAM assim que receberem a mensagem).

Quanto custa este recurso?

A Blueticks disponibiliza o recurso de campanhas gratuitamente, portanto é hora de colocar seu planejamento em prática com o envio de mensagens personalizadas em massa. Será de grande ajuda na estratégia de marketing, não é? Então clique aqui para instalar e começar a usar.

Leave a Reply